22/07/2011

Chapéu? Com que roupa???



Na dúvida sobre a roupa adequada para cada tipo de chapéu, segue algumas sugestões:
GÊNERO:
· Com traje esporte: boné, boina, gorro, viseira, chapéu de palha e de abas curtas (Cloches), brim ou outros tecidos.
· Com traje passeio: modelo de tecido de qualidade ou mais simples, dependendo do modelo do traje.
· Com traje rigor: mais elaborados, os tecidos serão requintados e trabalhados com véus, tules, rendas e flores.
Após dezoito horas os indicados são os pequenos arranjos, pillbox e chignons.
Pela manhã e tarde em ocasiões formais: chapéus de abas largas (Capelines) para locais abertos e de abas médias para locais fechados.
À noite: chapéu voilette ou com aba de crinol (Casquetes ou Fascinator)é reservado para ocasiões especiais.
Pillbox - pequeno chapéu oval rígido, com lados retos e copa chata, usado no alto da cabeça tombado para um lado, geralmente adornado com flores ou com pequeno véu frontal.
Chignon - coque ou penteado feito ao enrolarem-se na nuca cabelos compridos, com aspecto frouxo, mas cuidadosamente presos e adornados por enfeites variados.
Crinol - material transparente e brilhante, do qual são confeccionados chapéus, especialmente as abas.
Voilette - chapéu sem aba e possui um tecido transparente na frente tipo tela ou tule.


· Boinas e bonés podem ser usados com cabelos longos e soltos.
· Se os cabelos são curtos, o ideal é que estejam atrás da orelha.
· Chapéus de palha, panamá ou de tecidos leves são usados no verão.
· Chapéu panamá de aba curta acompanha um terno de linho.
· Evite modelos muito exagerados que podem destoar do comprimento da roupa e dos outros complementos.
· Tome cuidado ao escolher esse acessório para que o conjunto não fique extravagante demais.
· A cor deve estar em harmonia com o tipo do traje e a cor do mesmo, sendo que os tons neutros são os mais indicados.
· Faça a prova do traje com o chapéu para sentir o efeito total.
· Nos casamentos o uso de chapéus é apropriado, quando é uma cerimônia mais requintada.
· O chapéu não deve ser usado pelas madrinhas ou pelas mães, sem o consentimento da noiva.
· Se a noiva usar chapéu, madrinhas e convidadas devem optar por arranjos de cabeça.
· Caso mães e madrinhas utilizem, devem optar por modelos parecidos, para que haja harmonia no altar.
· Para as mães dos noivos é permitido usar chapéu mesmo à noite.
· O modelo borsalino que possui um desing masculino, pede roupas mais clássicas, como terninhos com calça ou saia, paletós estruturados longos ou curtos e capas.
· Cerimônias diurnas ao ar livre comportam chapéus com abas largas, em lugares fechados abas médias.
· Ao ar livre usar os chapéus com abas largas e confeccionadas com tecidos leves, para garantir uma leveza no visual.
· Roupas decotadas permitem grandes chapéus, com roupas fechadas devem ser pequenos.
· Mulheres altas e esguias, certamente ficarão bonitas com esse tipo de chapéu.
· Evite grandes chapéus quando o rosto for miúdo ou a pessoa for baixa, pois achatam a silhueta.
· Verifique o formato de rosto: chapéus de formas arredondadas suavizam traços angulosos e os modelos geométricos favorecem o rosto redondo.
· Capriche na maquiagem, pois o rosto será o foco.
· Os modelos que possuem lantejoulas, missangas, brilhos, flores e rendas combinam mais com cabeças menores.
· Evite usar quando estiver á mesa e em igreja, por respeito.
· Evite muitos acessórios para não carregar o visual.
· Somente use chapéu se sentir bem com ele.
Modelo Borsalino - referência ao sobrenome do fundador de uma fábrica de chapéus, Giuseppe, foi criado em 1857. Também chamado fedora, que tem esse nome por conta da peça teatral Fédora, de Victorien Sardou, feita para Sarah Bernhardt.

Espero que gostem das dica; Um xero!!!!
Fonte: Livro “Negócios e Festas” de Luiza Miranda.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Adoro Comentários!!!!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Costurar é uma Arte

Costurar é uma Arte